sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Dragon Ball Super | Análise Episódio 12


O episódio 12 trouxe o clímax da batalha dos deuses e o ''Z'' parece estar definitivamente voltando a saga. Havia um pequeno ''erro'' no filme, pois, na saga Boo, Goku SJJ 3 e Kid Boo tiveram de lutar no planeta supremo por conta da terra não aguentar os impactos de uma luta de tamanhas proporções, já no filme vemos duas divindades lutando na terra e não ocorrem danos graves a mesma. Dessa vez, para alterar esse pequeno equívoco, apenas a parte inicial da luta, em que os dois ainda estavam lutando meio que na brincadeira, foi na terra, todo o resto aconteceu no espaço, tendo todo o universo sentido os impactos desse embate. Muitos criticas ocorreram por conta de um planeta tão distante ter sido destruído por causa do impacto da luta, já a terra, tão próxima, sofreu poucos dano. Esse fenômeno é explicado pelo DaiKaioshin, quanto mais longe o planeta, pior será o impacto, isso vai contra as leis da física, mas Dragon Ball é um anime e não precisa seguir a risca todas as leis do nosso universo. A luta foi muito boa, porém eu esperava mais da coreografia de batalha, ela acabou se resumindo a alguns impactos de socos e uma pequena cena de combate rápido, o que, para mim, foi um pouco decepcionante, a minha expectativa era alta por conta dos episódios anteriores. A cena dos dragões de ki não faz muito sentido, contudo foi bastante épica e com certeza já merece entrar no hall de melhores cenas da franquia. Outro ponto interessante é sobre o poder do Super Saiyajin Deus, ele parece ser mais poderoso em relação ao do filme, mas vamos esperar o desfecho da luta para dar opiniões mais concisas sobre isso. A Batalha dos Deuses terminará semana que vem e o renascimento de Freeza começara a se desenrolar!

Texto - Nicholas Lara


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...